Inovação no varejo: venda mais e melhor com análise de dados

A inovação no varejo é um tema caro aos empresários que vêem surgir dia após dia cada vez mais soluções tecnológicas com o objetivos de otimizar seus negócios e melhorar a experiência de compra do cliente.

A transformação digital colocou esse segmento de mercado frente a um novo cenário disruptivo, com novas formas de se pensar o comércio e de interagir com o seu público-alvo.

Por exemplo, a pandemia do novo coronavírus acelerou o crescimento no ramo de e-commerce e é cada vez maior o número de pessoas que opta pela compra digital em virtude da praticidade.

Entretanto, nesse artigo, pretendemos tocar em outro tema fundamental para a gestão de inovação no varejo: a cultura data driven.

Afinal, é cada vez maior o número de empresas que implementam tecnologias de big data e inteligência artificial para vendas com o objetivo de gerar insights confiáveis aos processos de tomada de decisão.

Portanto, quer aprender mais sobre inovação no varejo e o papel da automação de dados nessas mudanças? Leia até o fim para entender melhor.

Inovação no varejo: como vender mais e melhor?

Mais do que novidades, a inovação do varejo vem acompanhada de soluções que procuram resolver problemas práticos e reais do dia a dia empresarial.

São inúmeras as áreas que estão no protagonismo desses novos tempos, entre elas:

O e-commerce, por exemplo, trouxe uma integração nunca antes vista no comércio mundial. Barreiras geográficas, sejam estaduais ou nacionais, não são mais empecilhos para que um consumidor compre determinado produto. 

No fim das contas, o cliente tem à sua disposição um mar de ofertas e oportunidades de compra provenientes de qualquer lugar do mundo e separados por apenas alguns cliques.

Essa nova realidade trouxe benefícios sem igual tanto para o comércio quanto para os consumidores. Por outro lado, o digital também trouxe um ambiente de competitividade cada vez mais acirrada entre as empresas.

Atualmente, não há mais espaço para errar e a concorrência se tornou muito mais complexa e agressiva. Nesse contexto, a inteligência de dados virou um insumo fundamental para que as empresas ganhem destaque nesse cenário.

Dentre as inovações listadas mais acima, escolhemos o big data e a inteligência artificial para mostrar como essas áreas estão impactando diretamente na qualidade dos serviços, tornando as empresas mais competitivas e aumentando as vendas no varejo. Vamos lá!

Big data no varejo

A transição para o digital e o desenvolvimento do armazenamento em nuvem, tornou a informação em um dos ativos mais valiosos dos novos tempos. Não por acaso a renomada revista britânica The Economist já afirmou certa vez que os “dados são o novo petróleo”.

Para se ter uma ideia, em 2021, há uma média de 2 quintilhões de bytes gerados todos os dias em big data.

Mas, afinal, o que é big data e qual a importância concreta dessa tecnologia para o varejo?

Essa solução surge como a maneira mais rápida, eficaz e confiável para que as empresas consigam lidar com essa imensa quantidade de dados disponíveis atualmente.

Por mais que a própria tecnologia filtre apenas as informações mais importantes para o planejamento estratégico das empresas, a quantidade de dados relevantes ainda é muito alta.

Imagine a quantidade de tempo e dinheiro desperdiçado para que todos esses registros fossem coletados e analisados manualmente? Seria um prejuízo e tanto, não é verdade?

Dessa forma, o big data no varejo tem a missão de coletar dados relevantes sobre o segmento de atuação, da concorrência e do público-alvo para embasar diversas estratégias organizacionais, especialmente as de marketing e vendas.

Com um conhecimento mais aprofundado dos seus consumidores (ou prospects) e do seu ambiente competitivo, é possível tomar medidas mais assertivas e eficazes com maior probabilidade de acerto, como o enriquecimento e qualificação de leads.

Guia Completo de Enriquecimento e Qualificação de Leads – Scora

Consequentemente, o big data surge como uma fundamental inovação no varejo para que as empresas tenham mais insumos na hora de elaborar estratégias e ações de grande impacto comercial.

Inteligência artificial no varejo

O big data pode atuar como uma ferramenta auxiliar à inteligência artificial no varejo. O IA é uma tecnologia avançada capaz de, por meio da análise de dados, gerar insights que orientem com eficiência e confiabilidade o processo de tomada de decisão.

A partir da percepção de padrões por meio de machine learning, um software é capaz de aprender e atribuir respostas esperadas a diferentes combinações de dados segundo uma lógica de comportamento que simule o raciocínio humano.

Por exemplo, a partir dos dados de clientes organizados big data, é possível desenvolver inteligência que deve orientar a hora certa, o canal mais adequado e a abordagem perfeita para fazer uma oferta de serviço ou interação de marketing. 

Portanto, é um processo que atravessa todo o mapa de jornada do cliente desde o primeiro contato com a empresa até o engajamento pós-venda.

Assim, o uso de inteligência artificial no varejo é elemento fundamental para desenvolver perfil de comportamento e padrão de consumo do cliente e, consequentemente, gerar os seguintes fatores: 

Use dados a favor dos seus clientes

Técnicas sofisticadas de inteligência artificial, por exemplo, podem desenvolver sistemas de recomendação automáticos que fazem ofertas de upsell e cross-sell para os clientes de acordo com seu histórico de compra.

Essa ferramenta já é altamente difundida em gigantes do varejo, como a Amazon e Magazine Luiza.

Portanto, o resultado lógico da inovação no varejo com automação inteligente de dados é a geração de uma imagem positiva da marca com a audiência e a consolidação de um relacionamento prolongado com impacto direto na receita comercial.

A transformação de dados brutos em insights faz com que as empresas varejistas conheçam melhor seu público e, consequentemente, façam ofertas mais assertivas e eficazes e que também possam se antecipar às necessidades dos clientes.

Como implementar automação de dados como inovação no varejo?

O Scora Journey é uma ferramenta de gestão de dados que visa a melhorar a performance da organização a partir de uma análise embasada de dados que geram insights. Entre as ações da plataforma mais direcionadas à solução das necessidades dos clientes estão:

  • comparar performance de campanhas de vendas atuais com antigas;
  • a partir da base de dados de clientes, oferecer lista de recomendação de clientes que poderiam se beneficiar da mesma oferta de produto ou serviço;
  • fornecer um big data com histórico detalhado de clientes específicos para comparar com o comportamento de outros similares;
  • aferir dados geográficos e performances de engajamento de produtos ou serviços anteriores, embasando assim insights para orientar os próximos passos.

Portanto, com o Scora Journey como solução de inovação no varejo, sua empresa terá todos os insumos necessários para conhecer melhor seus clientes e segmento de atuação, para assim fazer ofertas mais assertivas e vender mais!

Se tiver interesse, converse com um especialista da Oncase para avaliar uma solução inteligente para o seu negócio.Acompanhe o conteúdo do blog para se manter informado sobre análise de dados, inovação no varejo e dicas de atuação no mercado digital. Até a próxima!

Henrique Tavares
Henrique Tavares

No Comments

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *